No passado dia 06 de julho, na Curia - Anadia, decorreram as eleições para os novos corpos sociais da Federação Portuguesa de Orientação (FPO). O evento marcou um momento significativo na história da Federação, refletindo um processo democrático e transparente que visa fortalecer a estrutura e a gestão do desporto de orientação em Portugal.
O processo eleitoral decorreu com uma elevada participação dos delegados, demonstrando o compromisso e o interesse da comunidade na definição do futuro da orientação no país.
Os resultados das eleições culminaram na eleição de Rui Miguel Pereira Mora como o novo Presidente da Federação Portuguesa de Orientação, acompanhado por uma equipa
de diretores dedicados e experientes que assumem diferentes cargos nos corpos sociais.


A cerimónia de tomada de posse ocorreu no mesmo dia, onde os novos dirigentes assumiram oficialmente os seus cargos, comprometendo-se a trabalhar arduamente pelo progresso e pela excelência do desporto de orientação. 

Prioridades e Objetivos da Nova Direção

Na sua primeira declaração após a eleição, Rui Miguel Mora expressou a sua gratidão pela confiança depositada e delineou as principais prioridades para o mandato.
A Federação Portuguesa de Orientação entra numa nova fase com renovado vigor e determinação. A nova direção está empenhada em trabalhar colaborativamente com todos os membros e partes interessadas para promover o crescimento e o sucesso da orientação em Portugal.

Mais informações no ofício 

Footer - Parceiros, Patrocinadores e Media